Contato

3286-2709 – Rua São Pedro, 369 – Fundos Câmara de Vereadores

Agricultura orienta estudantes sobre consumo de alimentos de origem animal

Publicado por Secretaria da Educação em

O Serviço de Inspeção Municipal (SIM) da Secretaria da Agricultura iniciou pela Escola Padre Scholl, na Linha Carahá, dia 29 de março, as visitas de instrução aos alunos das escolas de Gramado, previstas no “Programa Consumo Consciente de Produtos de Origem Animal”.

Conforme alertou o médico Veterinário Altair de Medeiros, a aquisição de alimentos com origem e registro em órgãos oficiais de inspeção é fundamental para a preservação da saúde.

O SIM tem como meta atingir todos os alunos das escolas da rede pública municipal, estadual e particular de Gramado.

Contato com o SIM para agendar uma palestra: sim.gramado@gramado.rs.gov.br , fones 3286 7658 e 999 830 749 (fones também para denúncias).

PROGRAMA 
SECRETARIA DA AGRICULTURA DE GRAMADO
PROGRAMA CONSUMO CONSCIENTE DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL
SERVIÇO DE INSPEÇÃO MUNICIPAL – SIM

1. TÍTULO: CONSUMO CONSCIENTE DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL
Esclarecimentos aos consumidores e estudantes sobre o que é um produto de origem animal e quais os cuidados necessários para a aquisição, conservação e uso.

2. ÁREA TEMÁTICA
O esclarecimento à comunidade quanto à educação, evitando produtos que possam provocar danos à saúde, orientando para o consumo de alimentos com procedência e registro em órgão oficial, combate à clandestinidade e evasão de impostos, cuidados na conservação e manutenção dos alimentos, bem como do meio ambiente.

3. COORDENADORES
Médicos Veterinários do SIM Altair José de Medeiros e Felipe Saldanha de Freitas.

4. EQUIPE TÉCNICA
Apoio de técnicos da Secretaria da Educação, Secretaria da Fazenda e Secretária da Saúde.

5. DEPARTAMENTO OU SETOR
Serviço de Inspeção Municipal (Secretaria da Agricultura), Vigilância Sanitária (Secretaria da Agricultura) e Serviço de Nutrição (Secretaria de Educação).

6. INSTITUIÇÕES PARCEIRAS
Secretaria da Educação, Secretaria da Saúde e EMATER/ASCAR-RS.

7. NÚMERO ESTIMADO DE PARTICIPANTES
Alunos da rede municipal de ensino (14 escolas do ensino fundamental, com cerca de 3,2 mil alunos matriculados), representando cerca de 10% da população do Município, 292 professores, funcionários e técnicos de apoio.

Alunos da rede estadual de ensino (seis escolas do ensino fundamental e médio) com aproximadamente 2,2 mil alunos.

Alunos da rede particular de ensino (duas escolas do ensino fundamental e médio, com perto de 860 alunos).

8. LOCAIS DA REALIZAÇÃO
Visitas às repartições, escolas municipais, estaduais e particulares na zona urbana e zona rural.

9. PERÍODO
Anualmente, durante o período escolar.

10. RESUMO DA PROPOSTA
Divulgar os trabalhos do Serviço de Inspeção Municipal da Secretaria da Agricultura de Gramado e a atuação das demais áreas participantes no programa no que se refere à atenção à saúde pública, destacando o exercício da cidadania do consumidor no momento da aquisição de produtos alimentícios, em especial os de origem animal (a exemplo de carnes, leites, embutidos, mel, ovos, e derivados), e a promoção do trabalho dos agricultores familiares e empresários urbanos.

Reconhecer os sistemas de inspeção e registros existentes no País, fortalecendo as instituições e seus objetivos no controle e produção de alimentos saudáveis e a segurança alimentar.

11. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
Regulamento da Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal, Regulamento de Proteção e Promoção da Saúde Pública do RS, e legislação municipal do Serviço de Inspeção Municipal (Lei 3.600/2017 e Decreto 200/2018*).

12. OBJETIVOS
Promover educação sanitária referente aos produtos de origem animal.

Capacitar a comunidade escolar para o exercício do direito de escolha consciente de alimentos saudáveis.

Divulgar o Serviço de Inspeção Municipal.

Atender as finalidades dos programas de equivalência da inspeção, a nível federal, estadual e municipal (SUASA/SISBI/SUSAF/SIM).

13. JUSTIFICATIVA
Diante do alto risco sanitário decorrente da aquisição de alimentos de origem animal sem inspeção, frequentemente por desconhecimento do consumidor, bem como de exigência legal de desenvolvimento de ações educativas por parte do SIM, justificam-se as ações com a comunidade escolar municipal.

14. METODOLOGIA
As atividades, métodos e técnicas, instrumentos ou procedimentos para o desenvolvimento do programa incluem a conscientização das comunidades com visitas, palestras, veiculação de ações e notícias, apresentação das entidades envolvidas nas ações de prevenção e combates às irregularidades associadas ao comércio de alimentos.

15. RESULTADOS ESPERADOS
Conscientização dos consumidores sobre aquisição de produtos de origem animal.

Os resultados e impactos gerados no meio comunitário serão mostrados a partir do número de questionamentos, atendimentos e manifestações, como:
Conhece o Serviço de Inspeção Municipal? 
Conhece o Serviço de Vigilância Sanitária? 
Conhece o Código de Defesa do Consumidor? 
Conhece a Segurança Alimentar?
Conhece as Recomendações dos Rótulos?

16. CRONOGRAMA
Definição das etapas do programa por período de tempo:

Visita à Secretaria da Educação de Gramado;
Apresentação do programa; 
Janeiro.

Visitas às Escolas;
Apresentação do programa;
Março a dezembro.

Reunião do grupo de trabalho;
Montagem do cronograma;
Abril a dezembro.

Início do programa;
Início das palestras;
Abril a novembro.

Final do programa;
Avaliação;
Dezembro.

Avaliação do programa;
Relatório;
Dezembro.

Serviço de Inspeção Municipal (SIM). 
Texto atualizado em 10 de abril de 2019.

Texto: RT (com informações do SIM)
Fotos: divulgação SIM
*Texto atualizado em 10 de abril, às 15h. O decreto é 200/2018, e não como constou.

Categorias: Notícias