Contato

3286-2709 – Rua São Pedro, 369 – Fundos Câmara de Vereadores

Cidades Educadoras é tema de palestra no polo Véra Grin da UAB em Gramado

Publicado por Secretaria da Educação em

O polo Véra Grin da UAB de Gramado recebeu, na terça-feira, 29, a professora Jaqueline Moll (UFRGS), que palestrou sobre a agenda Cidades Educadoras.

Com as perguntas “Como nos tornamos as pessoas que somos?” e “Que cidade construímos individual e coletiva todos os dias?”, a educadora começou a reflexão sobre o desafio das cidades de pensar e ampliar os espaços e territórios educativos.

“É uma grande alegria estar aqui. Esta agenda da Educação, da Cidade Educadora, está se revigorando no Brasil, apesar das dificuldades que estamos encontrando. Nos anos 90, foi uma agenda muito forte em Porto Alegre”, disse a palestrante.

A secretária da Educação, Maria Gorete Rodrigues da Silva, apresentou a palestrante e destacou que o projeto Cidades Educadoras é um programa internacional.

Na ocasião, participaram representantes do Conselho Municipal de Educação, gestores das escolas municipais, e representantes de diversos setores da Prefeitura de Gramado como Meio Ambiente, Turismo, Saúde e Educação.

A atividade foi promovida pela Associação de Municípios de Turismo da Serra (AMSERRA) e foram convidados os secretários de educação de cada cidade.

CIDADE EDUCADORA

A Cidade Educadora é aquela que, para além de suas funções tradicionais, reconhece, promove e exerce um papel educador na vida dos sujeitos, assumindo como desafio permanente a formação integral de seus habitantes.

Na Cidade Educadora, as diferentes políticas, espaços, tempos e atores são compreendidos como agentes pedagógicos, capazes de apoiar o desenvolvimento de todo potencial humano.

Este conceito ganhou força e notoriedade com o movimento das Cidades Educadoras, que teve início em 1990 com o “I Congresso Internacional de Cidades Educadoras”, realizado em Barcelona, na Espanha. Neste encontro, um grupo de cidades pactuou um conjunto de princípios centrados no desenvolvimento dos seus habitantes que orientariam a administração pública.

É um protocolo internacional com a construção de cidades mais inclusivas, mais justas e mais participativas, com especial destaque para a criação de mecanismos que permitam às crianças e adolescentes vivenciarem plenamente sua cidadania:

Cidade Educadora é um convite para viver juntos, ocupar os espaços públicos na convivência e na aprendizagem mutua. É um esforço, uma intencionalidade de reconhecer, exercitar a formação e promoção do desenvolvimento humano.

FOTOS: Lucas Brito

TEXTO: Lucas Brito

FONTE: Prefeitura Municipal de Gramado