Contato

3286-2709 – Rua São Pedro, 369 – Fundos Câmara de Vereadores

Comunicação TI

Informamos que o site encontra-se em manutenção, por isso muitas informações pode estar incorretas e/ou desatualizadas. Agradecemos a sua compreensão.

Há alguns anos seria impossível imaginar uma sala de aula sem o clássico quadro negro, substituído aos poucos pelo quadro branco. A substituição destas ferramentas de ensino, ainda hoje, é uma ideia de difícil aceitação para alguns educadores, mesmo percebendo os avanços das mídias e tecnologias cada vez mais presentes no cotidiano da população, em especial do jovem mais conectado a um ambiente virtual, possibilitando o acesso a qualquer tipo de informação.

Nesse sentido, a presença das mídias e tecnologia na Educação tende a ser um processo inevitável, oferecendo novas possibilidades de ensino e de aprendizagem para educadores e educandos. A tecnologia permite que o educador seja autor do material que utilizará, sem depender de outros para desenvolvê-lo. Com isso, o profissional ganha autonomia para atuar da forma mais adequada ao grupo que conduz.

Mas para isto, a gestão educacional e as políticas públicas para a educação ganham outras dimensões para garantir o acesso dos professores para garantir a qualificação do ensino. É necessário ampliar o número de plataformas que oferecem recursos digitais para a educação, associados a programas de formação continuada e permanente dos professores, para atingir o objetivo desta inovação, indo além da mera substituição do livro didático e do quadro, para o livro digital, tablete e lousa digital.

É preciso atenção especial, por parte dos dirigentes da educação para que a tecnologia de fato contribua significativamente para o processo de ensino-aprendizagem. Essas novas ferramentas precisam realmente ser efetivas e devem potencializar o processo educativo, com atenção para a aprendizagem personalizada como uma das principais oportunidades que surgem a partir da difusão do uso de tecnologias digitais na educação. Com as mídias e as tecnologias, estudantes podem aprender no seu ritmo e aprofundar os estudos em determinado assunto que mais interessa. É também a oportunidade de expandir e ampliar o espaço da sala de aula, como lugar do conhecimento, em todo e qualquer lugar.

A utilização das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) na educação pode potencializar favoravelmente a construção de significados e sentido através da prática pedagógica. Mas a utilização de tecnologias e plataformas digitais é o grande desafio para que se possa alcançar o acesso, a permanência e qualidade do desenvolvimento e aprendizagem dos educandos, já ainda são pouco utilizadas nas práticas educativas. Existe uma distância entre aquilo que o professor acessa pessoalmente e o que ele aplica em sala de aula com os alunos.

As tecnologias e plataformas digitais apresentam uma grande variedade de aplicações na educação que envolve desde o uso das redes sociais até aplicativos mobile. Esse potencial pode ser explorado na educação para compreender melhor a realidade dos alunos através das suas novas formas de relação com o mundo e com as pessoas.