Contato

3286-2709 – Rua São Pedro, 369 – Fundos Câmara de Vereadores

Festa da Colônia

Publicado por Secretaria da Educação em

A diversidade cultural e étnica da população gramadense: FESTA DA COLÔNIA DE GRAMADO

A escola tem papel fundamental na formação da identidade das crianças e precisa ter clareza da necessidade de “positivar” a diversidade da qual é constituída. A identidade do indivíduo vai sendo construída por meio das relações estabelecidas com a família, os amigos e a escola, o que vai tornando-o consciente de sua singularidade. Não se pode conceber uma experiência pedagógica “desculturizada”, em que a referência cultural não esteja presente, pois a escola é, sem dúvida, uma instituição cultural.

Na busca de promover, no contexto escolar, práticas educativas e estratégias pedagógicas que articulem a escola, a cultura e a diversidade cultural, o programa Cultura na Escola da Secretaria de Educação de Gramado propõe desenvolver três eixos articulados entre si: I) projetos articulando a educação à saúde, turismo, meio ambiente, agricultura; II) projetos desenvolvidos na escola a partir da comunidade escolar e III) projetos nas escolas como eixos transversais da cultura na escola.

Em 1958, Gramado produziu o primeiro evento de rua, com característica comunitária, e que serviu de alavanca para o desenvolvimento turístico: a Festa das Hortênsias, abrindo as portas do município para o estado, e o para o país.

A Festa da Colônia, um evento anual, celebra as tradições deixadas pelos imigrantes italianos, alemães e portugueses, que chegaram à serra gaúcha, em especial na cidade de Gramado no século 19. Juntos formaram um povo que celebra o trabalho, festeja a colheita e se supera a cada dia. Lavraram e semearam a terra, regaram com o próprio suor, e descobriram, aos primeiros brotos, que seu grande fruto se chama Gramado.

Através da Festa vive-se um pouco desta Colônia por meio de apresentações de bandinhas e grupos de dança, música e teatro, desfile de carros típicos ornamentados com objetos utilizados no dia a dia do campo, exposição de produtos artesanais e a degustação de uma farta gastronomia típica.

Desde 2009, existe uma parceria entre as secretarias de Turismo, Educação, Cultura com apoio da Gramadotur, com o objetivo de proporcionar aos alunos da Rede de Ensino de Gramado, a oportunidade de interagir, de forma organizada e programada, das atividades relacionadas ao dia a dia na colônia localizada na zona rural do município. Foram propostos, entre outros, os projetos “Abrindo o Baú” e a “Cozinha da Nona” considerando a articulação dos aspectos socioculturais e históricos com os da educação através de ações pedagógicas nas escolas.

Educação e Cultura na Festa da Colônia: projetos socioculturais e educativos

Já no início do ano letivo a proposta de trabalho é levada e discutida juntamente com os diretores e professores das escolas municipais. Os professores interessados em participar das atividades, elaboram um projeto e iniciam um trabalho de pesquisa e com atividades com as famílias, em torno da temática rural, origens étnicas e de imigração. Em seguida os professores agendam a visita a “escola rural”, junto à festa, e participam ativamente das atividades propostas. Ao retornarem à escola, levam consigo todo um aprendizado, o que fortalece a importância da Festa da Colônia no que diz respeito a valorização e o fortalecimento da cultura local.

Após a Festa da Colônia os alunos elaboram, em sala de aula, redações com o tema Festa da Colônia e como prêmio as turmas participam de um passeio em uma propriedade rural. No local é servido degustação de produtos coloniais com música típica italiana. A propriedade integra o Roteiro Rural “Raízes Coloniais de Gramado”.

Projetos desenvolvidos:
– Abrindo baú
– Cozinha da Nona
– Contando a história através de fotografias: Álbum de Retratos
– A Escola Rural na Rede de Ensino de Gramado: músicas e brincadeiras
– Conhecendo as Colônias de Gramado