Contato

3286-2709 – Rua São Pedro, 369 – Fundos Câmara de Vereadores

Filmes produzidos por estudantes da rede municipal são exibidos no Festival de Cinema

Publicado por Secretaria da Educação em

Uma noite memorável para os estudantes e professores da rede municipal de ensino de Gramado. Assim foi o lançamento dos filmes do Educavídeo – Programa Municipal Escola de Cinema, promovido pela Secretaria da Educação, na noite de quinta-feira, 15, durante a 47º edição do Festival de Cinema, no Palácio dos Festivais.

O prefeito Fedoca Bertolucci (PDT) prestigiou o evento e falou sobre a importância dos investimentos feitos no projeto, que tem como objetivo a difusão, disseminação e o fomento de uma cultura de cinema para os estudantes do ensino público de Gramado.

“Gramado sedia há 47 anos o Festival de Cinema. No entanto, mesmo com o fluxo de diretores, produtores, atores e demais envolvidos na área, Gramado não possuía nenhuma atividade, programa ou curso que incentivasse a produção de obras audiovisuais. Pensando nisso, a Prefeitura investiu, dois anos atrás, mais de R$ 600 mil em equipamentos para que o nosso alunado pudessem aderir ao projeto. Agora, temos em Gramado futuros talentos da arte da cinematografia nacional”, ressaltou o prefeito.

Integrante da trupe (Os Trapalhões) responsável pelas maiores bilheterias do cinema nacional, Dedé Santana foi convidado para ser o padrinho do projeto Educavídeo.

“Fiquei muito emocionado e honrado com esse convite. Tenho mais de 60 filmes, e nunca tinha sido convidado para assistir um Festival de Cinema em Gramado. Hoje me sinto honrado, e, com certeza, é uma responsabilidade muito grande”, declarou Dedé.

A secretária da Educação, Maria Gorete da Silva, disse que o evento consegue agregar três grandes concepções teóricas: a arte, a comunidade, a identidade e a educação.

“A arte expressa a alma e nós, com esse programa, conseguimos observar, sentir e perceber”, avaliou.

As alunas Bianca Fioreze e Joana Haack, que participaram da produção o filme “Força feminina”, falaram sobre a escolha do tema abordado.

“A ideia de produzir o curta surgiu através de um debate que tinha como tema principal o feminicídio. O filme trata sobre violência doméstica, o que mostra uma situação infelizmente comum no dia de hoje”, explicaram.

TEMAS

Os alunos produziram 10 vídeos: “A fuga”, “O tráfico”, “Meninas Rebeldes”, “Game Over”, “Força Feminina”, “As Aventuras de uma Família da Colônia”, “Perfil Anônimo”, “Elementos” e dois episódios da série documental “Gramado: 100 anos de Turismo” – “Nos trilhos da história” e “De Gramado para o mundo”.

Os estudantes que participam do projeto são provenientes da rede pública municipal – mais especificamente das Escolas Senador Salgado Filho, Dr. Carlos Nelz (CAIC), Presidente Vargas, Maximiliano Hahn, Vicente Casagrande, Nossa Senhora de Fátima e Mosés Bezzi.

Os participantes estão divididos em três turmas: Iniciante, Intermediário e Mosés Bezzi. Há, também, a turma Avançado, composta de alunos das Escolas Estaduais Boaventura Ramos Pacheco, Santos Dummont e Caramuru.

FOTOS: Carlos Borges

TEXTO: Bruna Campos

FONTE: Prefeitura Municipal de Gramado